VIAGEM | TAILÂNDIA, EM BANGUECOQUE


Depois de uma longa viagem de doze horas, chegamos. Finalmente. Eram quase dez da manhã, quando sentimos o bafo inconfundível de Banguecoque. Estavam cerca de trinca e seis graus, mas no real feel dizia quarenta e quatro. Terrivelmente abrasador.

VIAGEM | TAILÂNDIA, A CAMINHO


Foi a viagem. A tal, que estava a precisar para chegar, continuar e vencer. Qualquer que seja o destino, é sempre uma inspiração. Conhecer realidades e culturas diferentes é uma aprendizagem. Dá-nos tempo para pensar e dar valor ao que realmente nos faz feliz.

 
COPYRIGHT © 2010-2017 MEU REBULIÇO BY CAROLINA SALEIRO